Equipa técnica :

Maria João Buzano Vieira

Tenho 62 anos e sou natural de Coimbra onde sempre vivi.
Tenho sido responsável por todos os projetos implementados pelo CEIFAC, desde a sua constituição, sendo o REALidades um dos que maior satisfação me deu.

Andreia Ruela
Sofia Rodrigues

Quem Somos :

Maria de Lurdes Sail

Tenho 80 anos. Sou salatina desde que nasci, pois sempre vivi na Alta de Coimbra. Fui enfermeira e trabalhei nos hospitais da Universidade de Coimbra.

Maria da Glória Nina

Tenho 81 anos. Nasci em Oliveira do Hospital. Vivo na Alta de Coimbra desde 1974. A Alta é histórica, é linda, é a minha casa.

Dinis Grijó

Tenho 87 anos. Vivo na Alta de Coimbra desde 1957. Fui proprietário de um Talho na Alta de Coimbra.

Sandra Freitas

Tenho 25 anos. Sou estudante do 2º ano do Mestrado em Ciências da Educação da FPCEUC e estou a realizar o estágio no Ateneu de Coimbra, Centro 25 de Abril.

Daniela Miranda

Tenho 22 anos. Sou de Coimbra. Estudo Psicologia.

Maria Vasconcelos

Tenho 22 anos. Estudo Psicologia. Vivo em Coimbra há mais de 4 anos.

Ana Rita Cunha

Tenho 18 anos. Estudo Psicologia. Vivo na Alta de Coimbra há cerca de 6 meses.

Maria Amália Graça

Tenho 78 anos. Moro na Alta de Coimbra há 48 anos. A minha vida era o mercado, era a praça, era os bolos, fazer bolos até de manhã… Foi uma vida dura. Gosto de tudo na Alta de Coimbra.

Maria Inês Correia

Tenho 26 anos. Estudo Turismo. Moro em Coimbra há 6 anos.

Silvio Alves

Tenho 24 anos. Estudo Arquitetura. Vivo em Coimbra há 6 anos.

Maria Isabel Fernandes

Tenho 79 anos. Vivo na Alta há 41 anos, desde 1972. Trabalhei na Liga dos Combatentes, no Jardim da Manga, no hotel Astoria e na Faculdade de Letras.
Já tinha luz em casa, mas ainda não tinha água canalizada. Íamos ao fontanário da Rua do Loureiro.
Gostava e gosto muito da classe estudantil devido ao trabalho que tive na Faculdade de Letras. Gostava muito de ir à sala dos Capelos assistir às formaturas. Ia só porque gostava. Gostava muito das cerimónias.

Maria da Piedade Oliveira

Tenho 80 anos. Morei na Alta 55 anos. A minha casa ainda existe. Vinham entregar a lenha e a carqueja para cozinharmos, o leite e o pão à porta.
Casei na Sé Velha e lá batizei os meus filhos. Fui empregada a dias e fiz croché para fora. Vivíamos disso. Agora continuo uma pessoa ativa. Faço exercício todos os dias. Gosto de fazer caminhadas.

Ana Pinto

Tenho 22 anos. Sou de Foz Côa mas rendida a esta bela cidade: Coimbra. Moro em Coimbra há 4 anos, dos melhores da minha vida. Sou estagiária no Ateneu onde conheci os participantes deste Projeto.

Maria Alice dos Santos

Tenho 87 anos. Moro na Alta há 50 anos. O meu filho estudou na escola no Arco de Almedina. O meu filho e o meu neto estudaram na Universidade de Coimbra. Sempre fui muito feliz na Alta.

Maria Isabel Luís

Tenho 76 anos. Vivo na Alta de Coimbra há 10 anos. Gosto muito da zona do Quebra-costas e do Arco de Almedina.

Alexandrina Cruz

Tenho 89 anos. Moro na Alta há 50 anos. Fui copeira em dois cafés. Trabalhei sempre para criar o meu filho. Reformei-me aos 62 anos. Nunca estive desempregada.
Sempre gostei de viver na Alta de Coimbra. Havia serenatas lindíssimas que eu adorava. Agora está tudo morto, é só barulho e ninguém faz nada.

Ana Morais

Tenho 21 anos. Conheci a Alta entre as aulas da Faculdade de Letras e os passeios com aqueles que fui conhecendo por cá. Nunca cá morei mas é por cá que vou vivendo… E foi aqui que descobri o que há por trás desta Alta turística: muitas vidas! Vidas idosas, cheias de histórias, que muito me contaram e me ensinaram!

Ricardo Rodrigues

Tenho 21 anos. Vivo na Alta há quase 3 anos. Desde que aqui vivo, fui recolhendo testemunhos de vidas de gente que por aqui passou. Agora, aprendi como é a vida salatina, e não aquela dos que por aqui passam, deixam saudades mas nunca mais voltam.

Luísa Castela

Tenho 83 anos. Moro na Alta desde que nasci, há 83 anos. Vivi toda a vida na mesma rua, só foi diferente a casa.
Fiz todos os sacramentos da Igreja na Sé Velha: lá casei, batizei os meus filhos e lá enviuvei. E lá vou estar até à hora que Deus me deixar estar. Sou uma verdadeira salatina da Alta.

Maria Fernanda Costa

Tenho 80 anos. Sempre vivi na Alta. Gosto muito do Arco de Almedina.

Odília Pinto

Tenho 78 anos. Vivi durante 19 anos na Alta de Coimbra. Dediquei-me à costura durante a minha vida activa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit